5 melhorias rápidas para sua estratégia de CRM

CRM

Com um mercado cada vez mais competitivo, é preciso otimizar e qualificar as principais informações sobre os seus clientes, a fim de manter um bom relacionamento entre você e sua base –  buscando desenvolver ações personalizadas para diferentes públicos.

É aí que entra o papel do CRM, na gestão de relacionamento com os clientes através do conhecimento de suas preferências, necessidades de consumo e hábitos. Quando bem implantado, o CRM é capaz de criar uma relação de tudo que precisa ser feito para ter uma relação assertiva e eficiente com seus consumidores.

Em nosso post anterior falamos sobre práticas que você deve evitar em CRM pois podem prejudicar o relacionamento com os clientes e impactar diretamente no desempenho das suas vendas.

Se você enfrenta algum desses problemas em sua gestão de CRM e quer mudar esse cenário, conheça 5 melhorias que a CoreBiz tem para o seu negócio.

1. Plano de métricas assertivo

Quando falamos sobre um plano de CRM precisamos ter em mente que, antes de qualquer implantação, é importante definir qual é o objetivo dessa ação. Ou seja, o primeiro passo é avaliar quais os propósitos e resultados são os mais relevantes para o seu negócio.

A partir daí, você também poderá definir quais dados gostaria de coletar com esse plano e, assim, buscar por métricas mais assertivas. Aqui é preciso considerar os tipos de dados que devem constar no sistema de relatórios gerados e quais filtros serão utilizados para cruzar as informações.

Por exemplo: se você busca por métricas de venda, é necessário planejar passo a passo desse processo a fim de medir a eficácia de cada uma das etapas e, por fim, atuar pontualmente na melhoria de cada fase.

2. Plano de geração de base para CRM

Como estamos falando de um planejamento dinâmico, é necessário o gerenciamento em tempo real de todos os pontos de contato com os consumidores. Afinal, uma das principais estratégias de CRM é quanto à geração de base de clientes.

Ou seja, é preciso criar um plano de captação e prospecção de clientes,  bem como para a execução e gestão dessas ações.

Muita gente pensa que CRM é somente o envio de campanhas de e-mail marketing, mas para uma estratégia eficiente é preciso pensar em coisas que vão bem além disso, como:

  • Criação de conteúdos para sites, redes sociais e blogs;
  • Análise de tráfego, otimização de conteúdo e análise de comportamento de visitantes;
  • Social Media Optimization: criação de campanhas para Google Adwords e Facebook;
  • Ações de fidelização como atendimento personalizado, criação de planos de fidelidade e também de consumo.

3. Higienização e organização da base

Uma das ações práticas e eficazes para adotar em estratégias de CRM é, sem dúvidas, a higienização e organização de sua base. É fundamental fazer uma limpeza constante dos e-mails e remover contatos os contatos inválidos.

Essa ação é de extrema importância para manter sua base longe das taxas de hard bounce e garantir que as próximas campanhas não tenham resultados prejudiciais que, consequentemente, diminuem a reputação do seu IP. Isso faz com que a taxa de entregabilidade – um importante KPI – diminua a cada envio.

Existem diversas ferramentas que realizam esse serviço de forma automática como o DataValidation, BriteVerify e o SafetyMails.

4. Aplicação das melhores práticas

Para obter um resultado efetivo é preciso ter um bom planejamento, estratégias definidas, sistemas implantados e processos revisados. Mas também é necessário sempre aplicar as melhores práticas em seu plano de CRM.

O uso de formulários de cadastro claros e concisos, envio de materiais ricos como e-books e newsletter e a utilização de templates responsivos são exemplos de métodos eficientes.

Aplicar melhores práticas é quase sempre um problema, pois faltam “braços” para implementá-las. O gráfico abaixo mostra os pontos de maior dificuldade para os gestores de fluxos de e-mail. Nele, fica nítido o quanto ter um time especializado ajudaria nos três itens que mais geram preocupação.

crm-1

Segmentação e Personalização: é muito importante analisar seu público e se comunicar de forma personalizada com cada lead. Para isso é preciso usar algumas técnicas de segmentação como: criação de personas, identificação da área de atuação da empresa interessada, relação de pessoas que já demonstraram interesse em outro conteúdo sobre assuntos similares ou em determinado produto, mas que não compraram.

Mobile First: atualmente passamos a maior parte do tempo conectados aos nossos smartphones. Por isso, toda ação de CRM deve ser pensada e adaptada também para os dispositivos móveis, de maneira que os e-mails disparados entreguem uma experiência intuitiva e confortável aos usuários.

crm-2

5. Automação em blocos

Uma ferramenta de automação atrelada ao CRM funciona para realizar a estruturação do canal de vendas e o monitoramento do processo de interação dos leads, buscando a otimização da taxa de conversão de oportunidades.

A dinâmica da automação em blocos possibilita a visão do perfil e interesse dos leads e customiza ações de relacionamento com a base. Com uma segmentação eficaz, todos os fluxos realizarão ações pré-definidas de acordo com o engajamento do lead.

2018-07-24T08:53:47+00:00 By |Retenção|

Sobre o Autor:

Redação CoreBiz