4 dicas para um planejamento de SEO

Estar nas primeiras posições dos mecanismos de pesquisa é extremamente necessário, sem dúvida nenhuma – A melhor maneira de encontrar um cliente, é ser encontrado por ele!

 

Mas para conseguir estar nas melhores posições da SERP (as páginas de pesquisa do Google) é necessário traçar seus objetivos.

 

Vamos lá:

 

Eu gosto sempre de começar utilizando uma análise de SEO, somada a uma análise do mercado e da SERP. A finalidade é saber quais são as melhores estratégias utilizadas pelos concorrentes em seus sites e lojas, bem como apontar onde estaremos após a realização de todos os processos.

 

Vamos à Guide:

1 – Os concorrentes e a SERP – Quem está posicionado e por quê?

 

Fazer um levantamento dos players, das suas estratégias de marketing e, mais importante, de SEO. Ninguém vai muito longe em SEO sem saber o que os concorrentes estão fazendo, pois é preciso fazer melhor do que eles.

 

  • Como os concorrentes trabalham com as redes sociais?
  • Eles possuem curtidas, comentários, compartilhamentos e engajamento no Facebook?
  • O concorrente possui um Blog?
  • Qual é a periodicidade das publicações?
  • Como ele trabalha o conteúdo dentro do site?
  • Possui vídeo, imagens, textos descritivos e área de interação?
  • Quais são as palavras-chave?
    Use a Versão gratuita de Semrush – www.semrush.com.br para ver quais são as palavras posicionadas.
  • Quais sites apontam link para esse concorrente?
    Com o site Ahrefs – www.ahrefs.com –  você consegue ver quantos backlinks e domínios referenciam o seu site e os do concorrente.
  • Para saber quantas páginas esses concorrentes têm indexada no Google, use www.concorrente.com.br
  • Para ver a qualidade da página use o Moz Bar. É possível baixar a extensão no Google chrome.

 

 

Você deve ficar atento aos detalhes de PA e DA, sendo este um modelo de classificação da ferramenta para mostrar a autoridade de uma página ou site. Os valores próximos a 0 significam que a  autoridade encontra-se ruim, e próximo 100 que estão muito bons.

 

Sair dos valores de 1 à 20 é mais fácil do que sair de 20 para 30. São diversos fatores que ocorrem para que estas notas sejam alteradas. Vai desde conteúdos de qualidade, quantidade e qualidade de links externos, trabalhos em redes sociais e mais alguns outros fatores.

 

2 – O Planejamento de Palavras-chave

 

Defina quais são os termos mais relevantes para seus produtos e serviços – com a ferramenta gratuita do Google você pode achar quais são as melhores (KP) – http://conv.ly/kwplanner
Tenha foco: Escolha entre 5 à 10 palavras para ranquear no Google. A melhor maneira de fazer uma pesquisa de palavras-chave é dividi-la em 3 níveis para definição de objetivos.

 

1º – Palavra-chave genérica:

 

Geralmente são as que contém maior quantidade de buscas, sendo ideais para obtenção de tráfego, nem sempre qualificado, mas que proporcionam uma grande quantidade de pessoas em seu site.

 

São palavras genéricas, tais com: pneu, emagrecer, dieta, pulseiras, SEO.  Ou palavras que têm apenas nomes de serviços e produtos não contendo nenhuma especificidade.

 

2º – Medium tail ou frases com 2 à 3 termos:

 

A palavra SEO tem 18 mil buscas no mês, sendo este um termo muito complicado para se posicionar, então vamos trabalhar de maneira mais específica para conseguir resultados mais satisfatórios.

  • Consultoria SEO;
  • Otimização de sites;
  • Otimização de sites – SEO

Estes termos têm um número de buscas menor, porém estão sendo mais específicos com a capacidade de trazer tráfego qualificado para dentro do site. Trabalhar com estes termos pode trazer resultado mais rápido.

 

3º Long tail ou frases específicas:

  • Otimização de sites SEO para blog;
  • SEO para e-commerce esportivo;
  • Como otimizar meu site.

Esses são os termos e frases mais específicos para um determinado tipo de serviço. Possuem um número muito baixo de buscas no mês, porém, têm alto índice de qualidade e pode trazer tráfego mais qualificado ao site.

 

3) Criação de conteúdo com foco na Palavra-chave – Títulos, descrições e URLs amigáveis;

 

Uma técnica muito simples que você pode usar na sua loja ou site é a criação de página com conteúdo específico para uma palavra chave, por exemplo:

 

Emagrecer em uma semana:


Título: Aprenda a emagrecer em uma semana e fique feliz
Descrição: Já pensou em conquistar o resultado tão desejado de emagrecer em uma semana? É possível. Confira!
Url: www.meusite.com.br/aprenda-a-emagrecer-em-apenas-uma-semana/
Conteúdo: Tudo sobre emagrecer em uma semana

 

4) Revisão de todos os aspectos do site com a ferramenta screamming frog.

 

Terminada essas etapas, é preciso aplicar SEO adequadamente. É uma boa hora para dedicar os esforços ao link buildingCom seu Keyword Planner, vá acompanhando os resultados e definindo as ações que devem ser tomadas nos próximos passos.

 

 

Utilize Analytics: acompanhe o crescimento das suas ações e páginas com maior desempenho.Tenha em mente que SEO é um ciclo de trabalho, no qual você implementa, mede os resultados e define os próximos passos.

 

Felipe Macedo
2017-07-03T18:51:22+00:00 By |Aquisição de Tráfego|