Home Aquisição de Tráfego Por que Google Adwords não funciona para minha empresa?

Por que Google Adwords não funciona para minha empresa?

291
0

O Google AdWords tem tentado, ano a ano, deixar a interface mais amigável, fácil e simples de utilizar. Porém, devido ao alto número de melhorias e atualizações, essa tarefa não é muito fácil.

 

Para muitos ele ainda é um programa muito difícil de se operar e até mesmo de se entender. Ele se concentra em comprar cliques de palavras-chave em tempo real e, se você não tem um profissional experiente para ajudá-lo, isso pode ser assustador e exaustivo.

 

Não é surpreendente que o AdWords tenha uma taxa de falha tão grande. Existem muitas razões diferentes pelas quais as empresas decidem abandonar o AdWords.

 

Muitos entendem que ele não funciona para seu negócio, mas isso não é exatamente verdade. Basta avaliar seus concorrentes. É muito provável que eles estejam usando o AdWords e, convenhamos, eles não devem estar jogando dinheiro fora.

 

De alguma forma, deve estar funcionando para eles. Então talvez não seja o AdWords que não funcione para o seu negócio, talvez seja porque você não está usando a ferramenta corretamente.

Então eu descobri as principais razões pelas quais as pessoas tendem a retirar o AdWords e afirmam: “Isso não funciona para mim”

 

Nenhuma estratégia

O primeiro grande problema é que os AdBuilders simplesmente pulam de cabeça no AdWords e começam a comprar palavras-chave com ganância baseados em absolutamente nada e quando isso não trás resultados, ninguém entende o porquê.

 

Antes de entrar no AdWords (em mídia digital no geral), é preciso colocar o cérebro pra funcionar.

 

Gaste tempo realmente conhecendo o público, suas ofertas, o que eles estão procurando e como você pode ajudar o pesquisador com seu anúncio e sua Landing Page.

 

Sempre pense como resolver a intenção do pesquisador. Se eles procuram “camisetas baratas para homens”, seria ótimo você não ter apenas camisas de grife dentro da sua loja.

 

Antes de sair comprando palavras no AdWords, desenhe um plano levando em conta:

  • Categorias
  • Produtos
  • Serviços
  • Razões de uso dos produtos em que deseja focar
  • As palavras-chave que deseja comprar
  • Como você irá converter esse público

ROI como métrica principal

Não me agridam, mas, não podemos olhar somente ROI como métrica para as campanhas de Marketing Digital. Muitas vezes, existe uma desconexão entre seus objetivos de ROI e o que é realmente bom para seu bolso.

 

As pessoas costumam ter uma idéia errada sobre o ROI do Google AdWords. Por exemplo, digamos que você venda equipamentos esportivos.

 

Uma das melhores maneiras de adquirir clientes é através de campanhas de Search – comprando palavras-chave como “Camisas de futebol” e outras palavras-chave relacionadas.

 

Nesse cenário, você precisa de um retorno de 4 para 1 ($4 em venda a cada $1 investido) e o Google AdWords produz um retorno de 2 para 1.

 

Isso significa que você deve abandonar o AdWords?

Resposta: Talvez.


Poder acompanhar todas as métricas de suas campanhas através do Analytics ou do próprio Adwords é maravilhoso, no entanto, isso também pode criar algumas síndromes e vícios que não são tão legais assim (Não estou falando mal da mensuração de dados, essa é uma das belezas de vivermos no futuro).

 

Para calcular o ROI de forma eficaz, é preciso olhar a jornada completa do cliente.

 

Captura-de-Tela-2017-06-27-às-14.13.38-300x217 Por que Google Adwords não funciona para minha empresa?

Normalmente, o Adwords é mensurado como fechamento de funil, quando na verdade, ele foi responsável pela abertura do funil, ou seja, o cliente conheceu sua loja a partir do Adwords mas acabou comprando em outro canal de comunicação, como um acesso direto ou pelo seu e-mail marketing, porém, só mensuramos os resultados pelo último clique, nesse caso, a compra seria totalmente atribuída para o Email Marketing.

 

Além disso, você deve incluir todas as atividades pós-venda nos cálculos de retorno. Procure vendas subseqüentes, procure entender o LTV (LifeTime Value) dos seus clientes, indicações para outros clientes, compartilhamentos sociais e etc.

 

Pode ser que o valor total seja mais do que a única compra iniciada por uma campanha do AdWords. O marketing offline tradicional, como outdoors ou anúncios de rádio, é muito menos mensurável. É difícil determinar a atribuição de vendas e leads através desses canais.

 

Existe um ditado dentre os meios de publicidade tradicionais que é muito comum até hoje. Estou falando da “Regra dos 50%”: 50% dos meus anúncios funcionam, só não sei quais são 50% são esses.

 

Captura-de-Tela-2017-06-27-às-14.13.38-300x217 Por que Google Adwords não funciona para minha empresa?

 

Mesmo com essa “falta de mensuração”, as campanhas Offline continuam sendo um canal de extrema importância para as marcas e ainda geram resultados de muito valor.

 

Portanto, se analisarmos o cenário de forma macro e não somente o retorno sob o investimento, podemos gerar mais negócios utilizando o Adwords.

Estratégias não focadas na cauda-longa


Esta é, de longe, a maior razão pela qual as pessoas abandonam o Adwords. Elas focam as campanhas em palavras muito genéricas não entendendo o conceito de cauda-longa.

 

O gráfico abaixo, ilustra porque muitas pessoas falham no Google Adwords.

 

Captura-de-Tela-2017-06-27-às-14.13.38-300x217 Por que Google Adwords não funciona para minha empresa?

O erro, é comprar as palavras-chave “alto custo e risco” e “baixa probabilidade de conversão”. Palavras-chave genéricas, como “sapatos masculinos” ou “celular barato”.

Em vez disso, é mais interessante comprar palavras-chave de “baixo custo e risco” e “alta probabilidade de conversão”.

 

Essas palavras-chave se concentram mais em frases. Isto é o que chamamos palavras-chave de cauda longa, como “sapatos de corrida masculinos vermelhos da Nike”.

 

Como as palavras-chave de cauda longa são mais descritivas e mais definidas, temos menos concorrência e uma melhor chance de converter o tráfego para seu objetivo.

 

Em vez de comprar “sapatos masculinos”, aproveite o tempo para construir campanhas mais direcionadas e com palavras mais específicas. Concentre-se em correspondências de frases e correspondências exatas.

 

Landing Pages que não convertem

Antes de tudo, vamos esclarecer a função do Adwords: Levar tráfego para sua Landing Page.  

E qual a função da sua Landing Page? Resposta: Converter.

 

A partir do momento que gastamos dinheiro levando pessoas que demonstraram interesse em seus produtos/serviços, não podemos perdê-los mais de vista e sempre devemos focar no nosso objetivo: Converter o usuário.

 

No entanto, nem sempre é isso que acontece. É comum ver Landing Pages oferecendo diversas razões para os usuários abandonarem a navegação, tais como: Muita informação na página, difícil de encontrar Call to Action ou falta de destaque para informações importantes.

 

Com esse pensamento, você deseja certificar-se de que as Landing Pages são claras, personalizadas e sua oferta de produtos é algo que o pesquisador deseja.

 

Caso contrário, você está desperdiçando seu dinheiro comprando palavras-chave que nunca serão convertidas em clientes. Um bom exercício é comparar suas Landing Pages (Sempre sendo honesto com vocês mesmos) e se perguntar:

  • Minha oferta está clara e consigo identificar isso nos 3 primeiros segundos de navegação?
  • O que estou oferecendo realmente é o que as pessoas estão procurando?
  • Os próximos passos para converter meu visitante em cliente estão claros e rápidos?

Se seguir esses fundamentos básicos, as chances de aumentar suas conversões são grandes.

 

Preço e outros fatores

Ao longo do tempo, seus concorrentes podem ganhar força através de melhores ofertas de produtos, diminuição de preços, maior valor de marca, agregando mais valor aos produtos/serviços e muito mais. 

 

Apenas porque você está convertendo menos do que costumava, não significa que seja um problema com sua conta do Google AdWords ou “o Google deixou de funcionar para mim”.

 

Podem haver diversos outros fatores e, por vezes, isso vai além de ver suas páginas de destino ou o tráfego que você está comprando no Google AdWords.

 

Certifique-se de que você avalia seus concorrentes de perto, seja mensalmente ou até semanalmente, solicite comentários e faça pesquisas com seus clientes para obter informações sobre seu segmento e certifique-se de ficar à frente do jogo com sua proposta de valor e, entenda de uma vez por todas que, marca vende. Investir tempo e dinheiro em construção de marca é extremamente importante.

 

Falta de otimização na conta

Isso pode ser um problema muito grande, e acontece porque a maioria dos comerciantes “não sabia que você poderia fazer isso” no AdWords.

 

Existem milhares de técnicas, estratégias de lances ou estratégias gerais do AdWords que você poderia usar para economizar dinheiro e tornar as suas campanhas mais eficazes.

 

Por exemplo, se você tem um site de comércio eletrônico e não está otimizando os dados de feed do produto para o Google Shopping (títulos e descrições), você está muito atrasado – e imagino que você deve estar se perguntando o que é isso nesse momento…

 

Não consegue seguir as tendências ou não tem clareza sobre as otimizações que sua agência tem feito? CUIDADO. Procure um profissional para ajudar a gerenciar sua campanha e acompanhar as últimas tendências e principalmente, deixar tudo isso muito claro no dia a dia.

 

Ser bem sucedido com Adwords não é impossível. Muitas vezes pode ser trabalhoso e devemos investir muito tempo para “Acertar a mão”. Com a estratégia certa, posso afirmar que, qualquer empresa pode ser bem sucedida com o Google Adwords.